O QUE
FAZEMOS

Instituto Alinha é um negócio social focado na melhoria das condições de trabalho e de vida de costureiras e costureiros. Para transformar a realidade da indústria da moda, a Alinha trabalha assessorando oficinas de costura a tornarem-se alinhadas e as conecta com confecções e estilistas interessados em contratar uma oficina, garantindo assim, relações justas de trabalho.

 

Uma oficina alinhada é uma oficina cujo dono passou por um curso de empreendedorismo, para auxiliá-lo na gestão do negócio, e foi assessorada pelo Instituto Alinha, com um acompanhamento que dura em média de 3 a 6 meses, para atingir os requisitos mínimos de formalização e segurança do trabalho. Com esses requisitos preenchidos, a oficina se torna visível na plataforma para receber pedidos, e com a geração de renda, segue investindo nas melhorias. Confira abaixo o passo a passo:

COMO CONECTAMOS
OFICINAS E MARCAS

O dono da oficina faz seu cadastro no site da Alinha.

Após uma seleção, enviamos uma agente Alinha com o técnico de segurança do trabalho para analisar a oficina.

Elaboramos um plano de ação no qual indicamos quais são os requisitos a serem cumpridos pela oficina para que ela se torne alinhada.

Assessoramos as oficinas a cumprirem as melhorias. Após atingirem os requisitos mínimos de formalização e segurança, a oficina se torna visível na plataforma Alinha.

Confecções e estilistas fazem seu cadastro no site. Após aprovados, têm acesso às oficinas alinhadas.

It’s a match! Confecções e estilistas encontram oficinas alinhadas de acordo com a sua demanda e negociam preços e prazos diretamente com elas.

OFICINAS ALINHADAS
TRABALHANDO O COMPLIANCE

Após a seleção das oficinas, iniciamos a assessoria com uma visita para aplicação de um questionário de avaliação, que tem como objetivo analisar as condições estruturais da oficina e criar um ranking com o n´úmero de estrelas, sendo considerada ideal a oficina que atinge cinco estrelas.

 

A oficina torna-se apta a entrar para plataforma no momento que atinge 3 estrelas, alcançando os quesitos de saúde e segurança e de formalização. O número de estrelas que a oficina recebe em sua primeira avaliação é tido como norte para monitorar os avanços e para determinar as revisitas à oficina. 

 

Após inseridas na plataforma Alinha, as oficinas podem ser bloqueadas caso observada alguma irregularidade. Conheça os requisitos que são avaliados no nosso compliance:

Capacitação dos donos de oficina em cursos de empreendedorismo.

Formalização da oficina de costura e emissão de nota fiscal.

Instalações elétricas e infra-estrutura da oficina de costura.

Saúde e segurança do trabalho.

Organização do ambiente de trabalho.

Relações de trabalho e combate ao trabalho em condições precárias.

TAG
ALINHA

Conheça a tecnologia
Blockchain que permite rastrear
os produtos
de marcas alinhadas.

 

Tag Alinha nasceu da demanda dos consumidores interessados em saber qual é a história das peças que estão vestindo. Pensando nisso, a tag garante a rastreabilidade do processo produtivo atestando condições justas de trabalho por meio do Blockchain –  uma tecnologia que permite o mapeamento de cadeias produtivas e compartilhamento de informação descentralizada. Confira o passo-a-passo deste sistema:

Marcas e confecções se cadastram e aderem a um dos planos para ter acesso à TAG Alinha.

A marca cadastra no sistema as informações sobre as peças e informa a oficina que irá receber o pedido. Após o cadastro, o sistema envia uma notificação para o dono da oficina.

O dono da oficina analisa as condições de contratação e, se aprovado, confirma o pedido.

Com a validação, por meio do Blockchain é gerado um código para rastrear o produto.

Marcas fazem o download da TAG Alinha, onde consta o código de rastreamento, para ser inserida na peça.

Com a TAG Alinha em mãos, o consumidor adiciona o número do código no site da Alinha e conhece a história da sua peça.